CAPPUCCINO

Humor, Esporte, Informação e Novidades

Análise - Estréia da semana

Postado por Luck 4 de fevereiro de 2011


Cisne Negro / Black Swan (2010)

Direção: Darren Aronofsky
Roteiro: Mark Heyman (roteiro), Andres Heinz
(argumento e roteiro), John J. McLaughlin (roteiro)
Direção de Fotografia: Matthew Libatique
Trilha Sonora: Clint Mansell
Gênero: Drama/Suspense
Origem: Estados Unidos
Duração: 108 minutos
Estrelando: Natalie Portman, Mila Kunis and Vincent Cassel





Sinopse: Lago dos Cisnes requer uma bailarina capaz de interpretar tanto o Cisne Branco com inocência e graça, quanto o Cisne Negro, que representa malícia e sensualidade. Nina (Natalie Portman) se encaixa perfeitamente no papel do Cisne Branco e é a primeira escolha do diretor Thomas Leroy (Vincent Cassel). Mas surge uma concorrente: a nova bailarina Lily (Mila Kunis), a própria personificação do Cisne Negro. As duas desenvolvem uma amizade conflituosa, repleta de rivalidade, e Nina começa a entrar em contato com seu lado mais sombrio, com uma inconsequência que ameaça destruí-la.

Comentário – Crítica

Qual é o preço da perfeição?

Um filme que te seduz pra o medo, te tira da posição de espectador e te faz viver as cenas. Uma experiência sensorial profunda. Arrepiante!

Aronofsky conseguiu! Sabe-se que um filme funcionou em todos os aspectos quando de fato toca nas pessoas que o assistem, seja de maneira que a divirta, que a faça chorar, ou criando alguma identificação da história contada ou das personagens para com o público, ou seja, qualquer coisa que mexa de verdade com o espectador. Na verdade assistir à Cisne Negro é muito mais que apenas uma experiência sentimental ou emocional, é física. A tensão que é criada no filme transborda da tela e faz com que o envolvimento com a trama seja tanto a ponto de enganar corpo e mente, então surge uma forte ilusão de que se esteja vivendo as situações apresentadas e não mais apenas assistindo-as. Constata-se isso pelo fato de que quando a bailarina Nina (Natalie Portman) sente medo o mesmo é refletido em quem assiste, e isso se repete em demais sensações, como a ansiedade, a preocupação e a dor, dentre outras.

O diretor aqui tem muito mérito em tais positividades, com uma montagem(1) impecável e clima criado que pode até mesmo fazer o espectador duvidar do que é real e irreal na história, entretanto não podemos esquecer que Natalie Portman é fundamental para o filme se tornar tão grandioso; a opressão que sua personagem sente da mãe (Barbara Hershey) é passada aos poucos de maneira muito verdadeira e intensa. Opressão essa que é dada por um caráter não tão original como o resto do roteiro: frustrações na carreira de Erica Sayers, mãe de Nina e ex-bailarina. Felizmente, o que poderia se tornar clichê(2) se torna crível e verdadeiro com a ótima interpretação de Barbara Hershey, que em suas cenas de ciúme e superproteção pela filha, chega a assustar.

A extrema sensualidade envolvente que o filme possui é apenas a cereja do bolo – te seduz para o medo e para a posição de vítima – empregada em parte pela mão do diretor e parte pelo elenco feminino, com destaques para Mila Kunis perfeita no papel com sua cínica e sedutora Lily, também bailarina, e é claro para Natalie Portman que interpretando a frágil Nina não é nada menos que apaixonante.

  
Apesar do lado feminino se destacar no filme, Vincent Cassel representa bem a parte masculina, e é outro inspiradíssimo em seu papel, que vive aqui Thomas Leroy, um arrogante, porém brilhante diretor artístico e idealizador responsável pela idéia de uma nova versão de “O Lago dos Cisnes”, desnuda, com abordagem profunda e real como o próprio a define. Seus pontos mais altos acontecem nos momentos onde tenta provocar um lado mais obscuro da puritana Nina, cenas essas espetaculares.

 “- Sinta meu toque, responda a ele. Vamos!” | Thomas Leroy

 “- Em quatro anos, sempre que você dança, noto sua obsessão pela perfeição, mas você nunca se solta. Nunca! Tanta disciplina para quê?” | Thomas Leroy
“- Só quero ser perfeita.” | Nina

A maravilhosa trilha sonora(3), em seus trechos brutos e pesados contribui bastante para a carga psicológica – nos momentos de maior insegurança de Nina – que mixada ao clima tenso da trama pode sim te fazer arrepiar. Por outro lado “O Lago dos Cisnes” é uma composição que dá as cenas de dança um toque muito maior de leveza e beleza que apenas se soma a já ótima estética de tais cenas. Ponto aqui para a fotografia(4) de Matthew Libatique, direção de arte(5), e para os movimentos de câmera, principalmente ao desfecho, onde acontece o belíssimo espetáculo final.

Enfim, um filme bonito em físico e na alma, mas que também sabe ser amedrontador.
Um filme que mais que assistir é importante sentir.
Um filme que choca, mas também sabe te emocionar.
Um filme que mostra o inimaginável, o lado podre da perfeição. Sim, pois no fim todo cisne branco possui interiormente um cisne negro. Uns o libertam, outros não.

“A única pessoa no seu caminho é você.
É hora de se libertar.
Solte-se!”
Thomas Leroy

  •     AVALIAÇÃO: 9.5/10




Curiosidades

- O ator Vincent Cassel comparou seu personagem com George Balanchine, um dos fundadores do New York City Ballet. Segundo Cassel, Balanchine era "um verdadeiro artista, que tinha um controle neurótico e usava a sexualidade para comandar seus bailarinos";

- Cisne Negro foi o filme de abertura do Festival de Veneza 2010;

- Seu orçamento foi de US$ 17 milhões.

- O nome da atriz Meryl Streep chegou a ser cogitado para viver Erica, mas o personagem ficou com Barbara Hershey;

- Blake Lively fez testes para o papel de Lilly, mas foi Mila Kunis quem acabou levando. A sugestão por Kunis, inclusive, foi de Natalie Portman;

Premiações

OSCAR (2011)
Ganhou
Melhor Atriz - Natalie Portman

Indicações
Melhor Filme
Melhor Diretor - Darren Aronofsky
Melhor Fotografia
Melhor Edição

GLOBO DE OURO (2011)

Ganhou
Melhor Atriz - Drama - Natalie Portman

Indicações
Melhor Filme - Drama
Melhor Diretor - Darren Aronofsky
Melhor Atriz Coadjuvante - Mila Kunis

BAFTA (2011)

Ganhou
Melhor Atriz - Natalie Portman

Indicações

Melhor Filme
Melhor Diretor - Darren Aronofsky
Melhor Atriz Coadjuvante - Barbara Hershey
Melhor Fotografia
Melhor Figurino
Melhor Maquiagem
Melhor Edição
Melhor Desenho de Produção
Melhor Roteiro Original
Melhor Som

INDEPENDENT SPIRIT AWARDS (2011)
Ganhou

Melhor Filme
Melhor Diretor - Darren Aronofsky
Melhor Atriz - Natalie Portman
Melhor Fotografia



SATELLITE AWARDS (2010)
Indicações
Melhor Diretor
Melhor Atriz - Drama - Natalie Portman
Melhor Direção de Arte & Desenho de Produção
Melhor Figurino
Melhor Trilha Sonora Original

______________________________________ 

Notas

(1) Processo que consiste em selecionar e organizar, ordenar e ajustar na edição os planos (cenas e sequências) de um filme a fim de alcançar o resultado desejado - seja em termos narrativos, informativos, dramáticos, visuais, experimentais, etc;

(2) Um clichê (do francês cliché), chavão ou lugar-comum é uma expressão idiomática que, de tão utilizada e repetida, desgastou-se e perdeu o sentido ou se tornou algo que gera uma reação má em vez de dar o efeito esperado, ou seja, imagem ou idéia muito repetida, estereotipada;

(3) São extratos da música instrumental composta para o filme e canções que nele se ouvem, em alguns casos acontece o uso de canções e composições não-originais;


(4) É toda a parte visual da imagem, as câmeras, os planos e ângulos, a película, as tonalidades, as cores e etc;

(5) Concepção visual de toda a produção, que inclui a cenografia, o figurino, a maquiagem, os adereços, dentre outros;

30 comentários

  1. Lucas Says:
  2. Muito legal sua analise e reflexão sobre Cisne Negro, você sabe que está no caminho certo, fazendo o que vc gosta! Apesar de você ter entregado uma das partes mais legais que poderia ser uma surpresa no filme. Você sabe que eu sou já um fã desse filme e você não me decepcionou em nada do que disse, enfim não me resta dizer nada a não ser meus parabéns!!!

    PS: Natalie Portman e Mila Kunis estão adoráveis!

     
  3. Luck Says:
  4. Muito obrigado amigo por tudo que disse, e realmente Cisne Negro é um filme pra ficar na cabeça e ser refletido por um bom tempo.
    Valeu pela dica, retirei a parte que você citou, e o filme inteiro já é uma grata surpresa, mas realmente é melhor ocultar essa cena. ASSISTAM SEUS CURIOSOS! kkkk

     
  5. Éder Porto Says:
  6. Parabéns pelo post again,
    Espero que o filme seja realmente bom e que valha a pena ir ao cinema com os amigos assisti-lo (Não como As Viagens de Gulliver, que não vale a pena nem comprar um dvd pirata gravado de um celular com câmera de "qualidade" VGA *desapontado*)

     
  7. Parabéns pela crítica, extremente profissional!
    Aliás, primeira vez que vejo uma crítica acompanhada de todo um relatório, curiosidades e ficha tecnica detalhada. É ótimo vc ler uma crítica sabendo os prêmios a que está concorrendo e a que ganhou.
    Parabéns mesmo, continue assim!

     
  8. Parabéns pela critica, muito inspiradora para quem ainda não assistiu O cisne negro. E também muito bom ter uma base para um filme que acabou de estrear..

    Mais uma vez parabéns..

     
  9. artur Says:
  10. Otimo post, quero muito assistir esse filme, todo mundo que me disse que assistiu adorou.

     
  11. @VickeDeiro Says:
  12. Maravilhosa crítica! Parabéns, conseguiu descrever muito bem o que se sente ao ver o filme. A crítica é otima, mas o filme consegue ser melhor e nada é como ver esse grande espetáculo!
    Otimo trabalho > Beijos,
    Vicke

     
  13. Cisne Negro parece ser ótimo! Pelo trailer já dá pra sentir o lado obscuro que o filme oferece *-*
    Bom texto, e boa sorte aqui no Cappuccino!

    beijão! ;)

     
  14. Luck Says:
  15. Valeu pelos comentários galera, o filme é demais mesmo. Hoje assisti pela segunda vez e assistiria de novo muito mais vezes ...

     
  16. O trailer já havia me encantado, a crítica aqui me convenceu que o Cisne Negro é mesmo uma boa pedida. Bom texto guri!

     
  17. Jhon David Says:
  18. Você soube expressar tudo o que eu senti ao assistir o filme... O filme é tudo o que disse, ou até mais. O seu equilíbrio com as palavras é ótimo. Mal vejo a hora para ler sua próxima crítica. Continue assim, pois a pratica leva a perfeição.

     
  19. Sem dúuvida alguma.
    Nota 10 Luckaaao !!
    Belíssima analise, só me resta assistir :/
    semana que vem, quem sabe não estaremos por lá !

    Sobre seu comentário Eder. lala ♫
    As viagens de Gulliveeer só não foi tão bom pelo motivo de agente ja ter conhecido a história inteira do filme..
    Mas, para os que não a conheciam, se tornou um filme muito bom .. !

     
  20. Bom, mais uma vez, gostaria de dizer que é um texto realmente Profissional, já assisti o filme e posso garantir que a crítica é excelente e passa perfeitamente o que é o filme.

    Parabéns.

    PS: Ainda bem que não chamaram a Meryl pra fazer a Erica, ela poderia ofuscar um pouco a Natalie.

     
  21. Ótimo filme, a pipoca também estava ótima, Crítica impecável.
    Mesmo não dando a total atenção que o filme merece(assisti hoje) você expressou perfeitamente a experiencia de todos espectadores (acredito eu) ao assistí-lo.
    Espero próximas análise que irei concerteza LER ( xD) que continuem no mesmo nivel ou melhor.
    Largue a eletrônica e vá viver disso (risos).
    E não se esqueça dos amigos(risos²)

     
  22. maxwell Says:
  23. Muito bom cara, você tem futuro

     
  24. @Mare__B Says:
  25. Muito bom mesmo ... =D

     
  26. @tnv_vnt Says:
  27. Cisne Negro é uma das produções que mais me surpreenderam sério a forma como a trama foi escrita a maneira que o autor encontrou para prender o público é eficaz e ao mesmo tempo muito sutil a crítica ficou perfeita eu já assisti e foi uma sugestão do Lucas tank's XD' não Preciso nem falar sobre o post pois a forma como foi escrita fala por só só a anos não assistia há um filme tão Bom super recomendo!!

    Parabéns!!

     
  28. Rosana Says:
  29. Ótimo comentário !
    Pra quem nunca assistiu, você faz o favor de induzir a assistir (risos)
    Bom, posso dizer que você realmente tem futuro !

     
  30. @Sophos_ Says:
  31. Parabéns pela crítica. Muito boa a análise do filme, que é uma obra-prima, por sinal.

    Já assinei o feed. Lerei com frequência o blog.

    Abraços!

     
  32. Luck Says:
  33. Muito obrigado, concordo que o filme seja uma obra-prima do Darren Aronofsky e é uma honra ter você como leitor frequente, espero que continue gostando das minhas e das postagens do blog em geral. Lembre-se minhas postagens serão todo mês nos dias 3 e 4

     
  34. Ótima análise sobre o filme! Realmente é excelente e vale a pena assistir. Natalie Portman em sua melhor performance, sem dúvidas.
    Parabéns pelo blog!!

     
  35. RAONI DANTAS Says:
  36. Tem pessoas que tem um dom pra criticar ou resenhar um filme, você é uma destas pessoas. Parabéns, ficou excelente...como eu ja havia comentado na comunidade no orkut, conseguiu expressar o que muita gente viu. De tudo, eu destaco a atuação da Natalie Portman, uma "aula" de atuação!

     
  37. Realmente concordo com aqueles que dizem, que vc realmente tem o dom. Quando a gente faz o que gosta não tem quem nos segure continue assim e tenho certeza que vc vai se dar bem. Parabéns!
    PS: Cara o que vc tá fazendo em Eletrônica??? a 7ª Arte é teu dom, vá siga seus sonhos!!
    PPS: Não se esqueça de me chamar pra estréia hein?

     
  38. Luck Says:
  39. Obrigado por me apoiar Kelinda.
    Chorei agora kkkkk '-'
    Não, sério, vou buscar meus sonhos!
    E ainda convidarei todos vocês pra pré-estréia de um filme meu... kkkkk

     
  40. Dani Emerich Says:
  41. Ótima crítica, fiquei com vontade de assistir o filme.

    Achei muito bom você unir duas coisas de que entende tão bem: cinema e escrita.

    Espero novos posts seus.

     
  42. Rafael W. Says:
  43. Cisne Negro é mesmo arrebatador. Obra-prima indiscutivel. Ótimo texto.

    Ah, e adorei seu blog. Já estou seguindo!

    http://cinelupinha.blogspot.com/

     
  44. Luck Says:
  45. Obrigado.
    Seguindo seu blog de volta, que aliás é muito bom também =)

     
  46. Anônimo Says:
  47. acho que o filme devia ser indicado ao oscar melhor maquiagem, que eh de tirar o fôlego

     
  48. Anônimo Says:
  49. o filme eh lindo,.....tem que ganhar o oscar! o problema eh que todo mundo pega na natalie potman, ate ela mesma

     
  50. Luck Says:
  51. kkkkkkkkkkkk
    RIMUITO'
    Enfim, o oscar passou, e como vimos mais uma vez não ganhou o melhor filme... Quanto a Cisne Negro acho que 1 prêmio só (Melhor Atriz - Natalie Portman) foi pouco. D:

     

Postar um comentário

Seguidores

Twitter